Licitação do aeromóvel de Canoas sai em dezembro

Os primeiros editais que vão licitar a implantação do Aeromóvel para a cidade de Canoas, na Região Metropolitana, devem ser lançados em dezembro de 2015. Em um primeiro momento serão licitados os serviços de readequação elétrica e do sistema hídrico nas vias, com orçamento de R$ 4 milhões e R$ 5 milhões, cada.

Também no final do ano deve ser lançada a licitação para a construção do primeiro trecho da via elevada por onde transitará o Aeromóvel, obra orçada em aproximadamente R$ 90 milhões.  A primeira etapa de implantação prevê a ligação entre a Estação Mathias Velho da Trensurb à Avenida 17 de Abril, no Bairro Guajuviras. Essa primeira etapa terá 5,9 quilômetros e nove estações.

O projeto completo prevê um trajeto total de 14,7 km, ligando a região leste ao oeste da cidade, com uma terceira via que levará ao Centro. Serão 22 estações que podem atender até 24 mil passageiros por hora, sendo que a primeira etapa, depois de concluída, já deverá transportar 5 mil pessoas. A implantação Aeromóvel tem o objetivo de desafogar o trânsito das duas avenidas de maior movimento na cidade. A previsão é concluir a obra até 2018.

O projeto

O Aeromóvel é uma tecnologia nacional desenvolvida no Rio Grande do Sul e já implantada em outros países, que começou operar, em solo nacional, em agosto de 2013 no Aeroporto Salgado Filho. O projeto do Aeromóvel de Canoas vem se desenvolvendo desde o início de 2014, quando a Prefeitura firmou contrato com a Aeromóvel do Brasil S/A, também responsável pelo projeto do Aeroporto.

O contrato assinado com a Aeromovel Brasil tem valor de R$ 149,26 milhões. O trabalho de 24 meses compreende projetos executivos da tecnologia; projetos executivos das obras civis; fornecimento de equipamentos e subsistemas; instalação dos equipamentos e subsistemas; colocação do sistema Aeromovel em operação; e gerenciamento do projeto e fiscalização da execução das obras civis.

Com a conclusão do projeto executivo das obras civis, será possível lançar o edital de licitação das obras da linha 1 (Guajuviras) do aeromóvel, previsto agora para dezembro. Os recursos estão garantidos pelo Ministério das Cidades. Serão R$ 272 milhões para as obras e os projetos desse primeiro trecho. A contrapartida do Município é de R$ 15 milhões, totalizando R$ 287 milhões.

Marcopolo fornecerá os veículos, com anuência da prefeitura

Já o contrato para o fornecimento de veículos foi firmado hoje, 30 de novembro, entre a Aeromóvel do Brasil e a empresa caxiense Marcopolo. O contrato prevê o desenvolvimento, design, fabricação e montagem de seis veículos para o projeto da linha Guajuviras - Canoas. O documento foi assinado pelos diretores da Marcopolo S.A, Paulo Gilberto Corso, e da Aeromóvel Brasil, Marcus Coester, e o prefeito Jairo Jorge, que formalizou a anuência à operação.

"O Brasil não tem mais por onde resolver as suas questões de trânsito, os modais precisam ser complementares, pois não temos mais por onde transitar. Esse é um exemplo bastante importante, que, provavelmente, será seguido por outras cidades do País", assinalou o diretor da Marcopolo S.A, Paulo Gilberto Corso.

Fonte: G1 RS , Prefeitura de Canoas

Conheça o serviço de Assessoria em Licitações Online da E3!

Resumo do artigo
Artigo
Licitação Aeromovel Canoas
Descrição do artigo
Os primeiros editais que vão licitar a implantação do Aeromóvel para a cidade de Canoas, na Região Metropolitana, devem ser lançados em dezembro de 2015. Em um primeiro momento serão licitados os serviços de readequação elétrica e do sistema hídrico nas vias. Também no final do ano deve ser lançada a licitação para a construção do primeiro trecho da via elevada por onde transitará o Aeromóvel.
Autor